quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Eu e a Informática (2)

Para quem não leu o Eu e a Informática (1) :)

Eu estudava em um Colégio particular, meus pais não teriam condições para me colocar no curso preparatório e bancar a escola. Então fui estudar na escola estadual que minha mãe era professora. Minha mãe dava aula de tarde e eu estudava de manhã. Nunca vou esquecer o primeiro dia de aula os meninos conversando entre eles:

- Será que a Vanda vai dar aula?

- Bicho, ela era chata de mais...

- Quase me deu bomba aquela FDP.

- E você? Conhece ela?

- Era uma morena?

- É sim.

- Conheço sim, ela é minha mãe.

(silencio constrangedor no recreio)

Então de Março a Dezembro eu fiz curso preparatório, eu estudei d+, mas errado. Porque eu não conseguia tirar nota boa nos simulados. Talvez porque não tinha base. Mas com 14 anos descobri que fazer prova não é meu forte: Ficava sempre tenso. Eu em casa refazia a prova e ia bem. Naquele ano eu tinha 3 provas:  Colégio Militar, Coltec,  Cefet;

Não passei em nenhum desses colégios, mas escrevendo isso me lembro quando eu fiz a inscrição para o Cefet e o dono do cursinho ficava falando para eu fazer edificações e eu não queria. Eu queria informática. Não passei em informática, mas teria passado em edificações.

E quando eu e meu pai fomos pegar o resultado, o dono do cursinho fez questão de frisar que ele sabia que eu teria passado em edificações. Sai do cursinho com uma sensação de frustração e que durou todo o dezembro...

...To Be Continued...

6 comentários:

Ju disse...

Mas no fim você escolheu certo!!! :)

Fulana disse...

kkkk olha o tipo do conselho do cara! tempos atrás eu trabalhava numa escola técnica, e era comum os professores pressionarem os estudantes do ensino medio a fazerem refrigeração, que ninguém queria!

Bah disse...

Toda escolha requer uma recusa rs

Kisu!

Hellz. disse...

E foi pra informatica ou edificaçoes? Haha

Beijo

Neanderthal disse...

E dai que teria passado em edificações? Esse pessoal de cursinho só está interessado na aprovação dos alunos para dar nome ao preparatório e não com a sua vocação ou felicidade.
Que bom que vc nãos e deixou levar pelas pressões...

Natália T. disse...

HUAHUAHAUHAUAHHAOHAOAIHUE

que foda, os meninos devem ter ficado mto sem graça.

Eu já dei uma rata nesse estilo.. mas foi até pior!

E, quanto a vc não ter prestado pra edificações, acho q importa mais vc fazer um curso q quer do que fazer a faculdade/escola que quer. Fico tentando dizer isso pra minha prima, q sempre quis medicina e, agora, disse q vai prestar pra engenharia pq sabe q pra medicina não passa em federal... vai acabar virando uma frustrada na vida. Até msmo pq, coitada, não acho q ela vá passar pra engenharia tbm.. Mas, enfim, eu acho q vc fez a escolha certa em insistir no seu sonho :)